Home
Quem Somos Contato O Anel
-

sexta-feira, agosto 06, 2010

A caixa

Eu tenho certeza, não tinha mais que sei ou sete anos, bochechas coradas brilhantes olhos arregalados, expressavam a emoção e um êxtase inexplicável. Meu .....hehehe era a primeira vez que andava em um elevador. Acompanhava meus .... ao entrar ouvi a recomendação da minha mãe, de que seríamos engolidos por aquela caixa e que depois da sensação de queda seríamos cuspidos para fora....kkk Até eu gelei!!! ...kkk Gelei nada, petrifiquei, pois gelados já estávamos pela temperatura beirando os 6 graus.
E assim que a caixa nos cuspiu, meus pés mal tocavam o chão, enquanto minha cabeça girava como hélice, querendo ver, querendo admirar, querendo entender todas as novidades ao meu redor. Era a primeira vez que visitava um lugar tão grande.

E meu destino naquele espaço desconhecido era o de ver um filme no cinema. Era meu primeiro filme em uma sala de cinema.

Segui meu caminho surpreendendo-me em estado de surpresa, ali contrastando com aquela centena de pessoas indo e vindo, que faziam parte do meu mundo mágico e sequer me percebiam.

Hoje custo a entender onde perdi o entusiasmo e o encantamento de criança, pois entendo que cada momento em nossas vidas é único, é novidade e veremos sempre pela primeira vez. O que me distanciou do nosso agora? Ora talvez eu esteja com a atenção voltada para as lembranças, ora para as esperanças..... E a natureza que seca hem.... e floresce em nosso entorno não está sendo regada por nossa atenção. Será que deixamo-nos engolir pelo comodismo? .... Não acomodar com o que incomod... já diz o Anitelli. Mas talvez esteja vivendo a sensação de queda. E a qualquer momento sereilançados a um novo mundo. Um mundo mágico transformado pela irrestrita capacidade humana de imaginação. Quero estar lá ... , encantando-me com os olhares atentos e me surpreendendo, constantemente pela primeira vez.

Nenhum comentário: