Home
Quem Somos Contato O Anel
-

quarta-feira, fevereiro 24, 2010

14 de fevereiro

Estive pesquisando um pouco constatei que em quase todo o mundo, no dia 14 de fevereiro se comemora o dia dos namorados, em homenagem ao Bispo Romano Valentine, que foi contra a proibição de casamentos, do Imperador Claudius II, por razões militares. Valentine foi decapitado em 14 de fevereiro de 270 d.C. Desde o século XIX, nesta data, há troca de presentes, declarações, promessas e juras, de amor eterno. Também quero. Esta data é tão importante quanto o dia dos Pais ou o dia das Mães e, por isso, traumatizante quando não se tem o referencial para se comemorar. Quero ser igual. Que mundo é esse que agilmente cria necessidades com tamanho poder de persuasão e marginaliza quem não possui? Quero ser possessivo. Ter o direito do presente. Até abro mão da presença de uma namorada, pois sei que é pedir quase o impossível, mas o presente, é elementar. Sei que não estou só nesta exigência, que mais pessoas requerem caladas o que reivindico. Presente para todos! Aclamação em nome dos corações isolados, desamparados, desencantados, descasados, amargurados... A campanha estampa o desejo sublime de um presente no dia 14 de fevereiro, “ Valentine’s day”. Nada pior que não ser lembrado, é não ser presenteado. Falha imperdoável.Em nome das mentes esperançosas e dos anseios longínquos, recorro à ideologia partidária vigente e peço aos nossos governantes que sancionem a Lei dos Direitos de Socializar a data, de forma igualitária, que a cesta básica pré-nubente seja distribuída à população carente de afeto. Carente de reciprocidade no amor, carente de atenção venusiana. Decisão imposta com as transparências e a firmeza que se fazem justas neste anseio íntimo. Rogo, de igual forma, aos anjos e santos Antônios, Josés, Joãos, Tiagos, Ronaldos e até aos Judas, Tadeu ou não, que atendam a este aclame, como a um dogma, pois é uma verdade absoluta incontestável, a importância do presente pelo dia dos namorados. E não fico por aí, exijo para todos, que querem ser felizes. Nos outros paises o dia dos namorados é dia 14 de fevereiro, mas o presente pode chegar até o dia 12 de junho, quando comemoraremos o dia dos namorados no Brasil, eu vou entender e receber com muitos gritos de prazer, muitos arrepios de felicidade, muitos abraços de gratidão, e muitos, muitos suspiros de realização. Enfim, neste campo vasto de desesperança, lanço neste momento a campanha: quero presente no dia dos namorados. Quero ver amor, muito amor entre todos que ainda acreditam nesta vida!

Um comentário:

Denis Cambalhota disse...
Este comentário foi removido pelo autor.