Home
Quem Somos Contato O Anel
-

domingo, janeiro 25, 2009

LA PAZ

Paz relativa, claro, como todas. Mas estou bem contentes, pois janeiro já vai acabando, e foi um mês complicado. Muita luta..heheh, pode ser. Em compensação ganhei um CD de presente do jornal que assino. Chega janeiro, é assim. O supermercado dá um desconto de 5%. O jornal manda um mimo para o assinante. Também chegam os impostos, lista de material escolar (pra quem tem crianças) "Salve Yuri", todas aquelas coisas que fazem deste um dos mais duros, em todos os sentidos, meses do ano (April is the cruellest month... pra mim é janeiro!)

Depois das tempestades médicas (que ainda não acabaram de todo, mas já estão apaziguadas, tratadas e devidamente compreendidas), mais uma vez vemos como custa caro manter a máquina funcionando. Eu já estava me sentindo um personagem de documentário do Michael Moore. Saúde tem custos altos. Viver tem preço. E olha que diante do que acontece com a maior parte da humanidade, nem podemos nos queixar.

Informação. Transparencia. Muita calma nessa hora.

Nosso candidato assumiu a presidencia do mundo ocidental. So help him God.



The Times They Are A-Changin'

Come gather 'round people
Wherever you roam
And admit that the waters
Around you have grown
And accept it that soon
You'll be drenched to the bone.
If your time to you
Is worth savin'
Then you better start swimmin'
Or you'll sink like a stone
For the times they are a-changin'.

Come writers and critics
Who prophesize with your pen
And keep your eyes wide
The chance won't come again
And don't speak too soon
For the wheel's still in spin
And there's no tellin' who
That it's namin'.
For the loser now
Will be later to win
For the times they are a-changin'.

Come senators, congressmen
Please heed the call
Don't stand in the doorway
Don't block up the hall
For he that gets hurt
Will be he who has stalled
There's a battle outside
And it is ragin'.
It'll soon shake your windows
And rattle your walls
For the times they are a-changin'.

Come mothers and fathers
Throughout the land
And don't criticize
What you can't understand
Your sons and your daughters
Are beyond your command
Your old road is
Rapidly agin'.
Please get out of the new one
If you can't lend your hand
For the times they are a-changin'.

The line it is drawn
The curse it is cast
The slow one now
Will later be fast
As the present now
Will later be past
The order is
Rapidly fadin'.
And the first one now
Will later be last
For the times they are a-changin'.


A música volta a imperar, depois das férias, voltamos `a ativa. Um aquecimento para o ano que começa na ponte Belo Horizonte -Rondonia .

Vai ser bom.

Nenhum comentário: